Conheça os principais cortes de carnes

Conheça os principais cortes de carnes

Que o churrasco é uma paixão nacional é inegável. Os finais de semana, férias e dias de verão são regados por encontros e claro, comes e bebes.

Para acertar na escolha das carnes no próximo churras, vimos com especialistas os principais cortes e seus diferenciais. Tá preparado?

Fraldinha

Quem gosta de uma carne mais suculenta e quase sem gordura ela é perfeita! É um tipo de carne magra e por ter um corte pequeno, deve ser assada com cuidado para não deixar passar o ponto. Ao servir é importante cortar a camada fina sobressalente de gordura, fatiar em pedaços mais grossos e adicionar pouco sal.

Maminha

Assim como a fraldinha, a maminha é do time das carnes leves e suculentas. Ela pode ser feita tanto na grelha como no espeto e servida em fatias finas. O corte, ao servir, deve ser contrário às fibras da carne, para deixá-la macia para a mastigação. Ela não pode passar do ponto de servir, pois tende alterar o sabor.

Alcatra

É da família das carnes nobres e também uma opção mais em conta. O corte de assar ideal é em bifes de 2 a 3 centímetros de espessura para grelha ou em cubos pequenos para espetos. Ela é uma carne macia, com pouca gordura e tem tempo de preparo bem rápido.

Filé mignon

É o corte mais nobre e por isso, um dos mais caros. Seu sabor é mais adocicado que os demais cortes. Dá para assar tanto em pedaços fartos ou a peça inteira. No caso do espetinho, os cubos podem ser servidos com pedaços de cebola e pimentão.

Picanha

Este é o grande hit do churrasco e para um bom brasileiro, não pode faltar! Ela tem equilíbrio entre carne e gordura sendo muito macia e saborosa. O ideal é que ela seja servida mal passada ou ao ponto e temperada apenas com sal grosso.

Contra-filé

As fatias deste corte devem ser pequenas para que ao assar não tenham ressecamento ou ao contrário, fiquem encharcadas. Os fãs do ponto mal passado são os que mais gostam deste corte, pois é um dos mais suculentos e macios.

Cupim

Clássico de churrasco para quem gosta de ficar até tarde comendo ou para o churrasqueiro que acorda cedo para começar seus preparos e acender o fogo. É uma carne de cozimento muito lento e rica em fibras. Para ajudar no processo de assar, o papel alumínio em volta da peça contribui com a distribuição de calor, acelerando o cozimento. Dica: sirva com salada de folhas verdes, tomate e palmito ou farofa rica.

Aprendeu um pouco mais sobre os cortes bovinos? Conta aí pra gente!

E não esqueça de harmonizar com a linha de cervejas Guitt´s, Ravache e Zebu. Conheça mais aqui.

Para ler mais posts como este, você pode acessar o nosso blog para ver nossos posts anteriores ou seguir a gente nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Mostrar comentários

Ainda não temos nenhum comentário para este artigo.
Seja o primeiro utilizando o formulário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *