Tour cervejeiro: Alemanha, Bélgica e EUA

Tour cervejeiro: Alemanha, Bélgica e EUA

A variedade de receitas e de cervejarias é imensa, estima-se que existam mais de 20 mil tipos de cervejas pelo mundo, por conta da sua diversidade de estilos e sabores.

O turismo cervejeiro ou “beer tour”, envolve visitas as fábricas e normalmente, finalizam com a degustação de cervejas.

Três países se destacam pela variedade de cervejarias para visitação e pelas receitas típicas de cada região, são eles: Alemanha, Bélgica e Estados Unidos.

Listamos alguns passeios que você não perder na sua próxima viagem!

 

Alemanha

Quando se fala da Alemanha é difícil não pensar em cerveja. É lá que surgiu a Oktoberfest e a tão respeitada Lei de Pureza Alemã de 1516 (Reinheitsgebot) que determina a utilização de apenas três ingredientes na produção de cervejas: água, malte e lúpulo.

Um bom local para começar é a 42 quilômetros de Munique, na cidade de Andechs, no Mosteiro Beneditino, um dos locais mais procurados da região, fundado em 1455 às margens do Lago Ammerse. O mosteiro é referência na produção de cervejas onde são fabricados 8 diferentes rótulos da bebida.

Na capital Berlim, há a possibilidade de curtir um ambiente do tipo pub e ao mesmo tempo conhecer mais de 15 rótulos da tradicional cervejaria Brauhaus Lemke am Schloss. Lá é possível encontrar receitas como IPA e Stout, além do tour guiado que permite aos visitantes conhecerem os locais onde são produzidas as cervejas.

Próximo ao rio Danúbio, há outro mosteiro indispensável para turistas, a cervejaria do Mosteiro, fundada em 1050, uma das mais antigas do mundo. Lá você vai se satisfazer com a cerveja Weltenburger Kloster Barock Dunkel, considerada por muitos especialistas a melhor cerveja Dunkel do mundo, 3 vezes vencedora do World Beer Award (um dos principais concursos cervejeiros do mundo).

Na cidade de Augsburg, há a Cervejaria Brauerei S. Riegele, com sua cerveja Riegele, de cor escura e teor alcoólico de 4,7%, a cervejaria oferece um tour pelo seu interior para grupos de 15 a 35 pessoas, além de curso para aprender a fazer cerveja.

 

Bélgica

Bélgica, lar das cervejas trapistas feitas por monges, lá você vai se deparar com receitas inusitadas que incluem adição de especiarias como coentro ou cascas de laranja e na maioria das vezes, feitas com leveduras de alta fermentação.

Nesse país também é possível encontrar cervejas de alto teor alcoólico, que chegam a ultrapassar 10% de álcool. Além das trapistas, na Bélgica outros estilos se destacam, como a Blond Ale, Witbier e Dubbel.

Com seus 30.689 km² de território é mais fácil rodar pelo país e visitar as cervejarias mais tradicionais e procuradas pelos turistas, são elas:

Abadia de Saint Sixtus onde é produzida a Westvleteren que já foi considerada a melhor cerveja do mundo. Lá além de ser um local para a apreciação de uma boa cerveja também tem seu valor cultural porque foi refúgio de aliados durante a Primeira Guerra Mundial e mesmo com o conflito, não parou de fabricar a bebida.

Na capital, Bruxelas, há boas opções para visita, entre elas está a Timmermans, uma das cervejarias mais antigas em atividade localizada no vilarejo de Itterbeek. Uma dica é visitar o Museu Bruxelense da Gueuze onde você pode explorar a cervejaria e seus equipamentos de produção.

Ainda em Bruxelas, a cervejaria Lindemans é a maior produtora de cervejas do tipo Lambics.

Agora, se você quiser visitar os países que fazem fronteira com a Bélgica há a possibilidade, por exemplo, de fazer uma parada na Antuérpia que fica perto da fronteira com a Holanda onde fica a abadia de Koningshoeven, produtora da La Trappe.

 

Estados Unidos

Qual apreciador de cerveja não teve um bom momento experimentando uma American Lager? Ela é considerada a cerveja mais consumida do mundo por conta do seu sabor leve, refrescante e agradável.

O tour cervejeiro nos EUA precisa ser bem planejado, não só por sua extensão, mas também pela variedade de cervejarias disponíveis para a visitação e, é claro, a imensa quantidade de cervejas e receitas que a cada minuto surgem no país.

Começando pelo imenso estado da Califórnia, lar de milhares cervejarias e de cervejas artesanais premiadas, muitas delas deixaram de ser pequenas e foram compradas por gigantes do setor. A Sierra Nevada Pale Ale, da cervejaria Sierra Nevada, é uma das cervejas mais apreciadas da Califórnia, no “beer tour” da cervejaria, o visitante pode experimentar até 19 estilos de cerveja.

Outra boa opção é conhecer a recém criada cervejaria Moonraker Brewing Co. que se tornou uma das mais descoladas da região, atraindo um grande número de pessoas para sua sala de degustação com cerca de 12 estilos para degustação.

O Colorado é considerado parada essencial para quem quer experimentar uma boa cerveja americana. Próximo ao Fort Collins nos arredores de Denver você vai encontrar a famosa New Belgium.

Na capital Washington está o vale do Yakima, maior região produtora de lúpulo dos EUA, produzindo cerca de 75% de todo o lúpulo usado no país. Além de poder visitar uma das plantações de lúpulo é possível conhecer algumas cervejarias em Seattle, como a Fremont Brewing e Black Raven.

Para fechar o tour cervejeiro dos sonhos, no estado do Missouri é possível visitar a sede da cervejaria Anheuser-Busch, casa da popular cerveja Budweiser. No tour é possível conhecer a fábrica construída em 1852 e experimentar mais de 25 rótulos do estilo American Lager.

 

E aí prontos para viajar?

Siga a gente no Instagram e Facebook para ficar por dentro das nossas novidades.

Mostrar comentários

Ainda não temos nenhum comentário para este artigo.
Seja o primeiro utilizando o formulário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *